Santander paga multa de R$ 3,3 mi por negociação irregular de dólares

25/07/2018

Segundo a CVM, foram realizadas operações combinadas com a matriz em Madri, provocando condições artificiais de mercado
RIO – Acusado de realizar negócios irregulares no mercado cambial, o banco Santanderirá pagar R$ 3,3 milhões à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) para encerrar processo administrativo sancionador (PAS).

O banco foi acusado de operar com contratos de dólar futuro que resultaram na transferência de R$ 6,6 milhões para o Banco Santander Central Hispano (Santander Madri), em 2015.

Santander vai pagar uma multa de R$ 3,3 milhões por negociação irregular de dólares. Foto: Epitácio Pessoa/Estadão

 

Para viabilizar a transferência dos recursos, foram realizadas seis operações combinadas entre o Santander e o Santander Madri. Rogério Keiiti Endo, responsável pelas ordens de negociação, fazia contratos de dólar futuro de forma a criar condições artificiais de oferta, demanda e preço.

Durante a negociação com o órgão, o Santander tentou reduzir o valor proposto, equivalente a 50% do dano causado. O banco alegou que em processo semelhante a CVM havia fixado o valor do acordo em 30% do dano. Além disso, disse já ter firmado acordo com a área de supervisão da B3 relativo aos mesmos contratos. A CVM não aceitou a proposta de pagamento de R$ 1,9 milhão.

O Santander acabou aceitando a proposta do órgão que, nos últimos tempos, vem adotando critérios mais próximos ao que prevê a lei 13.506, de 2017, que regula atividade sancionadora, embora a regulação ainda esteja em audiência pública. O executivo Endo também firmou termo de compromisso e pagará R$ 100 mil à autarquia.

Procurado, o banco informou que não vai se manifestar sobre o acordo.

 

Fonte: O Estado de S.Paulo

Voltar
Seja um de nossos afiliado

Seja um de nossos afiliado

Faça parde do nosso sindicato!

Quero me Filiar

Cadastre seu e-mail

E comece a receber as notícias semanalmente direto no seu e-mail!

Previsão Orçamentária

O Sindicato dos Bancários de Tubarão e Região disponibiliza o acesso do planejamento das atividades financeiras da entidade para conhecimento de todos.

Veja
Acordo Coletivos

Acordo Coletivos

No intuito de facilitar o acesso aos Acordos Coletivos/Convenções Coletivas o Sindicato dos Bancários de Tubarão e Região os disponibilizam por meio digital.

Veja
Filie-se

Filie-se

O Sindicato dos Bancários de Tubarão e Região é uma entidade séria, transparente e ética, comprometida com a defesa dos direitos da categoria. É esta incessante luta que assegura que os bancários tenham hoje um dos mais completos e abrangentes Acordos Coletivos de todo país.

Veja